sábado, janeiro 14, 2012

Entrevista - Timo Tolkki (Ex - Stratovarius)

Timo Tolkki



O ex-guitarrista do STRATOVARIUS e atual SYMPHONIA, Timo Tolkki, escreveu em seu Blog o texto abaixo:

"Desde que publiquei em meu Blog sobre me retirar da música, muitas pessoas tem me enviado mensagens pedindo para não fazer isso. Por isso decidi deixar algumas coisas mais claras.

Primeiro de tudo, se alguém está achando que estou culpando os fãs pela atual situação nos negócias na música, esqueçam. Não é isso que estou colocando. Eu agradeço os fãs pelo suporte nos bons e maus momentos.

Algumas pessoas tem criticado minha atitude e chegam a me chamar de covarde. Eu sei que é bem complicado de entender o que acontece no mundo da música hoje em dia. E estou falando em todo o mundo não apenas em sua cidade.

Os sinais já apareceram tem mais de 10 anos e isso era esperado. As pessoas não compram mais discos. É realmente verdade que as vendas de CDs estão em baixa e mudanças vão acontecer e não serão para melhor. As gravadoras que restam são extremamente cuidadosas com qual tipo de bandas e música vão assinar e se contratarem, eles irão controlar a música e o estilo de forma muito agressiva.



Em tempos de Bach e Beethoven, não havia LPs ou CDs. A música só era ouvida ao vivo. Mas a música ao vivo também sofre queda de vendas porque as pessoas não têm dinheiro para ver todas as 30 bandas em um mês que vão para sua cidade. Tudo isso me fez pensar muito sobre o meu futuro e os próximos 10-15 anos.

Tendo trabalhado extensivamente nos últimos 20 anos, eu simplesmente acho que é hora de avaliar o que é que me resta dizer. Eu sempre disse que toco, desde que as pessoas queiram me ouvir. Mas uma coisa ocorreu-me nos últimos meses: não importa para mim se as pessoas querem ouvir minha música. Isso significa a liberdade musicalmente falando.

Outra coisa é que, apesar de eu ter escrito sobre aposentadoria no negócio da música, eu não tenho escrito sobre a aposentar-me da música. Eu acredito que a música é um presente. E este presente deve ser usado. Mas às vezes não é fácil. Eu acredito que meus 22 anos no Stratovarius, e ter lançado cinco CDs depois disso, os seminários de música já realizados no mundo inteiro, as produções e tudo o que vai com isso são muitas coisas. Quanto você pode dar depois de você ter dado tudo?

Enfim, eu não estou desistindo da música!

Eu acho que todos os registros que já fiz, tem seu lugar na discografia de minha vida.

Como estou ficando mais velho, logo 46 anos, eu imagino que minha música evolui para objetivos e temas que estão mais perto da minha alma que a música que eu escrevi quando eu tinha 32 anos.

Eu não acredito em cantar sobre "Legions Of Twilight" quando eu tiver 50 anos, mas isso é coisa minha.

Eu acho que tenho um monte de músicas sendo desenvolvidas dentro de mim, mas que tipo de música é, nem mesmo eu sei. O futuro dirá, mas eu acho que você ainda irá ouvir isso de mim um dia. Minha intuição diz isso."

Tolkki elaborou e assinou um documento oficial em 20 de Maio de 2008 desistindo de todos os direitos sobre o nome do Stratovarius. Os membros restantes da banda - Timo Kotipelto (vocal), Jens Johansson (teclados) e Lauri Porra (baixo) - lançaram dois álbuns desde então com o guitarrista Matias Kupiainen.

Recentemente ele esteve no Brasil com o SYMPHONIA em uma turnê mal planejada o que gerou muita frustração.


Nenhum comentário:

Postar um comentário